Biblioteca: O vídeo na sala de aula

O curso, Aprendizagem baseada em Projetos, sugere, como uma das estratégias de trabalho em sala de aula, o uso de vídeo.

No texto : O Vídeo na sala de aula, de José Manuel Moran, especialista em mudança em educação a distância e presencial da Universidade de São Paulo, nos fala de forma simples e agradável sobre o tema, confira!

Finalmente o vídeo está chegando à sala de aula. E dele se esperam, como em tecnologias anteriores, soluções imediatas para os problemas crônicos do ensino-aprendizagem. O vídeo ajuda a um bom professor, atrai os alunos, mas não modifica substancialmente a relação pedagógica. Aproxima a sala de aula do cotidiano, das linguagens de aprendizagem e comunicação da sociedade urbana, mas também introduz novas questões no processo educacional.

O vídeo está umbilicalmente ligado à televisão e a um contexto de lazer, e entretenimento, que passa imperceptivelmente para a sala de aula. Vídeo, na cabeça dos alunos, significa descanso e não “aula”, o que modifica a postura, as expectativas em relação ao seu uso. Precisamos aproveitar essa expectativa positiva para atrair o aluno para os assuntos do nosso planejamento pedagógico. Mas ao mesmo tempo, saber que necessitamos prestar atenção para estabelecer novas pontes entre o vídeo e as outras dinâmicas da aula.

Vídeo significa também uma forma de contar multilingüística, de superposição de códigos e significações, predominantemente audiovisuais, mais próxima da sensibilidade e prática do homem urbano e ainda distante da linguagem educacional, mais apoiada no discurso verbal-escrito.”

Veja o texto completo:  http://www.eca.usp.br/prof/moran/vidsal.htm


Biblioteca: Construção Colaborativa de AVA com o uso de Wiki

Conheça uma experiência com o uso de Wiki em ambientes de aprendizagem colaborativa lendo o artigo abaixo e conhecendo o site:
http://avacolaborativa.wikispaces.com/

Título: Construção Colaborativa de Ambiente de Aprendizagem com o uso de Wiki

Este artigo apresenta o trabalho de construção colaborativa de um ambiente de aprendizagem, através do uso de wikis, com o objetivo de promover a produção cooperativa e colaborativa dos projetos desenvolvidos nas E.M. de Sapucaia do Sul, visando também à integração desses projetos na comunidade escolar. As escolas participantes desenvolveram ambientes wikis com vários projetos integrados ao ambiente central, que serviu de âncora aos ambientes desenvolvidos em todas as escolas. A maioria dos professores se sentiu desafiado a construir o ambiente, que implicou na incorporação de uma nova tecnologia e no repensar de práticas antigas, evidenciando-se na prática os processos interativos de colaboração e cooperação.
http://margo.wikispaces.com/file/view/Artigo_Wiki_Seminfo.pdf

Biblioteca: Transgressão e mudança na educação

Sugestão de bibliografia:
- Transgressão e mudança na educação: os projetos de trabalho.
Autor: Fernando Hernández
Editora Artmed, 1998, Porto Alegre

Como assinala o autor nas primeiras linhas da sua introdução, este livro foi escrito à partir de sua estada no Brasil em 1997 (convidado pelo programa de pós-graduação da Universidade de Minas Gerais) visando atender “nossas” carência de informações de seu tema. Assim, podemos dizer que Fernando Hernández nos oferece um grande resumo de suas preocupações, seus fundamentos teórico-filosóficos, e de sua experiência, de quase uma década, como assessor de currículo, em escolas de Barcelona, onde se desenvolviam propostas pedagógicas de organização do currículo por projetos de trabalho.
Desta forma, este livro é, ao mesmo tempo, introdutório, pela sua abrangência, reflexivo, pela ponderação teórica e, ainda, exemplar, pela descrição de um conjunto significativos de projetos de trabalho vivenciados por alunos da educação infantil ao ensino médio, que ao final do livro são detalhadamente relatados.

Biblioteca: Aprendizagem Baseada em Projetos

Você está com dúvidas sobre como formular as questões no seu projeto?
Veja uma passagem do livro “Aprendizagem Baseada em Projetos” do Buck Institute for
Education. Essas dicas podem ser úteis para a formulação da pergunta inicial.

http://www.uspleste.usp.br/digiampietri/ACH0041/questaoOrientadora.pdf

Biblioteca: Projetos de Aprendizagem Baseados em Problemas

Artigo: Projetos de Aprendizagem Baseados em Problemas: uma metodologia interacionista/construtivista para formação de comunidades em Ambientes Virtuais de Aprendizagem

Sobre o artigo: Esse artigo apresenta a metodologia de projetos de aprendizagem baseados em problemas. Essa metodologia está fundamentada na concepção epistemológica interacionista/construtivista, nos estudos de Maturana e Varela, Capra, Castells, Levy, Fagundes, Hernandez e Ventura. Pretende-se, através dessa proposta metodológica, subsidiar práticas pedagógicas inovadoras, que favoreçam a constituição de comunidades virtuais de aprendizagem em ambientes tecnológicos baseados na Web dentro do paradigma da Sociedade em Rede.

Aproveite também para entender a diferença entre projetos de ensino e projetos de aprendizagem.

Autora: Eliane Schlemmer – Universidade do Vale do Rio dos Sinos – Unisinos

Fonte: http://www.ricesu.com.br/colabora/n2/artigos/n_2/id02.pdf